Sindicalize-se agora!
16 de fevereiro de 2019
MENU 11 3363.3310

12 de julho de 2017

Imprimir

Quadrilha explode agência bancária e foge com reféns em Nova Olinda, no Ceará

Criminosos usaram dinamites para atacar a agência. Foi o terceiro ataque a bancos em menos de uma semana no Ceará.
Uma quadrilha armada atacou uma agência do Banco do Brasil nesta quarta-feira (12) no município de Nova Olinda, distante 520 quilômetros de Fortaleza. Segundo a Polícia Militar, o bando invadiu a cidade, explodiu o banco e depois fugiu fazendo moradores reféns.
Foi o terceiro ataque a bancos em menos de uma semana no Ceará.
Conforme o sargento Everardo Lima, comante da PM de Nova Olinda, o ataque ocorreu durante a madrugada. Cerca de 10 homens participara do crime. Eles atiraram contra as portas de vidro e depois detonaram as dinamites no interior da agência.
A polícia ainda não sabe se os criminosos tiveram acesso ao dinheiro do banco. “Ainda não dá pra dizer se eles conseguiram efetuar o roubo. Testemunhas disseram que os próprios criminosos falaram que não tinha dinheiro na agência. Mas só dá pra confirmar após uma perícia que vai ser realizada aqui”, comentou o sargento.
Após a explosão, a quadrilha fez moradores reféns e fugiu com destino a Pernambuco. A PM informou que parte das vítimas foi solta na saída de Nova Olinda. Outras pessoas foram liberadas pelo bando somente em Pernambuco. Ninguém ficou ferido.
Equipes da Polícia Militar de Nova Olinda e de outras cidades vizinhas foram acionadas e realizam buscas pela região para tentar localizar o grupo criminoso. Até o momento, ninguém foi preso.
 
Terceiro ataque em 5 dias
Foi o 35º ataque a agências bancárias neste ano no Ceará, sendo o terceiro seguido em menos de uma semana. O mais recente havia acontecido na segunda-feira (10), no município de Redenção, no Maciço de Baturité.
Segundo a polícia, os criminosos invadiram a agência do Banco do Brasil e detonaram os explosivos. O prédio do banco ficou destruído e o bando teve acesso ao dinheiro. Após o crime, os suspeitos fugiram levando uma quantia não revelada pela polícia.
O outro caso foi na madrugada de domingo (9), em Ipueiras, região Norte do Estado. De acordo com o Comando de Policiamento da Capital (CPI), os homens chegaram em veículos e se dividiram. Durante a ação, duas pessoas que estavam no ônibus da banda de forró João Bandeira foram baleadas.

Fonte: Portal G1 - http://g1.globo.com/ceara/noticia/quadrilha-explode-agencia-bancaria-e-foge-com-refens-em-nova-olinda-no-ceara.ghtml

Mais notícias

15 fevereiro 2019

Bom dia CONTRASP

Edição 501 de 2 de janeiro de 2019. Acesse o link e confira as edições do boletim eletrônico da CONTRASP. Bom Dia CONTRASP
21 janeiro 2019

Previdência: governo ignora centrais sindicais na formulação da reforma

Enquanto lida com pressões de setores influentes, como militares – que querem ficar de fora da reforma e com forte presença no governo – e servidores públicos, categoria capaz de forte pressão no Congresso, a equipe que elabora os detalhes finais da proposta para endurecer as regras da aposentadoria não abriu as portas para dialogar […]
14 janeiro 2019

Governo estuda desoneração ‘universal’ da folha de pagamento

“A desoneração da folha de salários aconteceu muito em cima de demandas específicas, pontuais, de negociações muito setoriais. O que estamos trabalhando é na desoneração da folha de maneira universal, ampla, geral e sistêmica. O impacto que terá na economia certamente será muito maior e positivo”, disse Cintra ao chegar ao Tribunal de Contas da […]
11 janeiro 2019

Sem Justiça do Trabalho haveria caos administrativo e jurisprudencial

Sem detalhar a proposta, o presidente e parte de seus apoiadores apresentam uma série de argumentos a favor da medida: o ramo trabalhista do Poder Judiciário seria lento e causaria insegurança jurídica por conta das diversas posições que há em seu interior. Ainda segundo Bolsonaro, a Justiça do Trabalho seria uma exclusividade do Brasil. Além […]
+ Notícias

Jornal SEEVISSP

Informativo da Segurança Privada – Janeiro/2019

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083