Sindicalize-se agora!
21 de abril de 2019
MENU 11 3363.3310

1 de abril de 2019

Imprimir

Operação da Polícia Civil investiga empresas de segurança privada no Tocantins

Empresas de segurança privada de Palmas e Araguaína foram fiscalizadas pela Polícia Federal em operação para coibir a atividade ilegal de segurança privada. A ação foi chamada de Segurança Legal III. Foram encontradas irregularidades em quatro empresas que atuam na capital e uma pessoa foi presa por porte ilegal de arma no norte do estado.

A operação foi realizada nesta sexta-feira (29) em 26 estados e no Distrito Federal. As informações, porém, só foram divulgadas neste sábado (30). Conforme a Polícia Federal, pelo menos 400 empresas de segurança e estabelecimentos comerciais estão sendo monitorados em todo país.

O objetivo da operação é garantir que a atividade de segurança privada não seja realizada por empresas irregulares ou pessoas não capacitadas.

Em Palmas, a Polícia Federal fiscalizou cinco estabelecimentos comerciais com segurança privada. Foram emitidos quatro autos de encerramento de atividades e quatro notificações para as empresas que contratavam os seguranças.

Em Araguaína, norte do Tocantins, foram fiscalizados dois estabelecimentos. Uma pessoa foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

As empresas irregulares estão sujeitas ao encerramento das atividades e as demais sanções cabíveis.

Fonte: Sou de Palmas - https://www.soudepalmas.com.br/noticia/698/operao-da-polcia-civil-investiga-empresas-de-segurana-privada-no-tocantins

Jornal SEEVISSP

Informativo da Segurança Privada – Janeiro/2019

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083