Sindicalize-se agora!
21 de outubro de 2017
MENU 11 3363.3310

2 de junho de 2017

Imprimir

Conselho vai revisar CLT e texto da Reforma Trabalhista

Conselho Nacional do Trabalho será lançado nesta quinta-feira e será formado por 30 membros

O governo lança hoje um órgão que poderá propor ao presidente Michel Temer que vete alguns pontos da reforma trabalhista, caso o projeto seja aprovado no Senado. Criado há mais de 20 anos pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso, o Conselho Nacional do Trabalho vai ser instituído oficialmente com 30 membros, sendo 10 representantes do governo, dez dos trabalhadores e dez dos patrões.

Segundo o Ministério do Trabalho, uma das missões do colegiado será “revisar” a septuagenária Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, disse que o conselho poderá analisar o projeto da reforma trabalhista e propor modificações no texto, mesmo depois do aval dos senadores – o texto já foi aprovado pela Câmara.

“O governo como um todo vai avaliar o texto que for aprovado para ver a viabilidade de aceitar as sugestões dos senadores e outras modificações”, afirmou Nogueira ao Estado. “O governo verá se poderá atender ou não aquilo que o Congresso propuser.” Sobre o atraso em uma semana na tramitação do texto na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Nogueira disse que os parlamentares têm deliberado o projeto de “modernização” de legislação trabalhista em seu “devido tempo e maturidade”.

Segundo ele, as reformas serão aprovadas porque há consciência de todos – trabalhadores, empregadores e classe política – de que o País precisa modernizar sua legislação para introduzir sua economia no cenário global, gerar empregos e combater a desigualdade social.

O Conselho Nacional do Trabalho ainda deverá tratar da questão do fim da obrigatoriedade do imposto sindical, um dos pontos da reforma. O ministro já se posicionou contrário ao fim do desconto obrigatório de um dia de trabalho para os sindicatos, mas afirmou que o governo não entrará nessa questão e que há outras formas de os sindicatos se financiarem. Políticas de fomento à geração de empregos também devem ser discutidas pelo conselho.

Segundo Nogueira, o número de 14 milhões de desempregados no País não é fruto do último ano de governo, mas de gestões anteriores. Ele destacou a criação de vagas nos meses de fevereiro e abril. E garantiu que, “daqui para frente”, o Brasil vai atingir números menores de desemprego. “A geração de empregos será consequência das medidas que o governo tem tomado”, afirmou, destacando a retomada da confiança no País e a agenda de reformas do Executivo.

Fonte: Força Sindical - http://www.fsindicalsp.org.br/novo/index.php?option=com_content&view=article&id=5384:conselho-vai-revisar-clt-e-texto-da-reforma-trabalhista&catid=2:noticia&Itemid=2

Mais notícias

19 outubro 2017

Pessoas a partir de 70 anos podem sacar cotas do PIS/Pasep a partir de hoje

Pessoas a partir de 70 anos que tenham contribuído com o Programa de Integração Social (PIS) ou o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem sacar as cotas nos fundos a partir de hoje (19). A retirada é válida somente para os trabalhadores que tiveram carteira assinada e contribuíram para algum dos […]
18 outubro 2017

Assalto a agência Banco do Bradesco em Ipaumirim na manhã de hoje

Muita bala e muita dinamite na manhã de hoje (18), por volta das 02:50 hrs da manhã, foi assim que acordaram os moradores de Ipaumirim, com homens fortemente armados explodiram os caixas do Banco da Agencia do Bradesco em Ipaumirim que fica localizada na rua Coronel Gustavo Lima no centro de Ipaumirim Segundo moradores ficaram […]
18 outubro 2017

Carro-forte fica destruído após ataque na Chapada Diamantina (BA)

Na tarde desta segunda-feira (16/10), mais um carro-forte foi alvo de criminosos fortemente armados. Desta vez, o crime ocorreu na Chapada Diamantina (BA), perto de Souto Soares. Segundo o Sindforte-BA, os criminosos interceptaram o carro-forte com um caminhão. Em seguida, forçaram a saída dos vigilantes apontado armas pesadas (como .50 e fuzil AK-47). Explodiram o […]
18 outubro 2017

Campanha Salarial 2018 – Convocação para Assembleia

O SEEVISSP convoca todos os empregados da categoria no município da atividade de segurança e vigilância privada para a assembleia geral de aprovação da pauta salarial e a forma de sustentação financeira da entidade sindical, que será realizada no próximo dia  14 de novembro de 2017 (terça-feira), às 19h30, no Auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de São […]
+ Notícias

Jornal SEEVISSP

INFORMATIVO DA SEGURANÇA PRIVADA – JULHO/2017 – ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083