Sindicalize-se agora!
20 de novembro de 2019
MENU 11 3363.3310

17 de julho de 2015

Imprimir

Setor de segurança privada registra aumento de até 20% em São Carlos

O setor de segurança privada em São Carlos (SP) registrou um aumento de até 20% em algumas empresas por conta das férias, mesmo apesar da queda de alguns tipos de crime. Em todo o Estado de São Paulo, o número de furtos e roubos caiu em 10% de janeiro a maio em relação a 2014. Ainda assim, muitas pessoas e empresas investem em sistemas de monitoramento e o mercado de segurança continua crescendo.



Em busca de mais segurança, muitos moradores têm optado pelos sistemas de monitoramento, um bom negócio para empresas que vendem os produtos. A sensação de segurança é o que faz muitos irem em busca desses equipamentos. Na contramão da crise econômica do país, o setor de segurança não para de crescer. Nas férias, quando muita gente aproveita para viajar, a procura é ainda maior. “Nos meses de férias, junho, julho, novembro e dezembro geralmente existe um aumento de 20% até 30% principalmente no fim de ano. Em julho já tivemos um aumento de 20%”, disse o diretor de uma empresa de segurança, João Almeida.



Atualmente, a instalação de um sistema de alarmes custa, em média, R$ 1,5 mil e o circuito de câmeras R$ 3 mil. Há ainda o monitoramento do sistema pela empresa de segurança, que custa aproximadamente R$ 100 mensais e é possível pedir socorro a qualquer hora do dia. “Em um caso de emergência, se verificar que é um caso que existe uma pessoa dentro do local, nós já podemos acionar o poder público para estar nos apoiando na ocorrência”, comentou Almeida.

Setor teve aumento de 20% em São Carlos (Foto: Wilson Aiello/EPTV)Setor teve aumento de 20% em São Carlos

(Foto: Wilson Aiello/EPTV)

 

 

 

 

 

 

 

Comércio

A livraria de Rodrigo Jose Ranieri voltou a funcionar há poucos dias. A segurança costumava ser feita co quatro câmeras, mas mesmo antes de abrir as portas novamente o dono achou melhor instalar um alarme. “Eu visualizo pelo meu próprio celular tudo o que está acontecendo na loja. Então se houver uma situação de risco, eu aciono o sistema e o sistema de segurança acusa o alarme. A segurança é tudo agora, então fico bem mais tranqüilo com essa situação”, contou.



Alexandre Jorge Soares também contratou serviços de monitoramento para sua farmácia com o objetivo de inibir assaltos durante o dia. “Em primeiro lugar a segurança, então isso já estava no nosso planejamento como item principal na constituição da drogaria”, falou.

Além disso, para evitar tentativas de arrombamento, ele também instalou sensores no chão da porta. “O ramo de atividades de drogaria, medicamentos e drogas em si é muito visado no mercado, então tem que se proteger de alguma forma”, explicou.

Fonte: G1 – 17/07/2015
http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2015/07/setor-de-seguranca-privada-registra-aumento-de-ate-20-em-sao-carlos.html

Mais notícias

19 novembro 2019

Bom dia CONTRASP

Edição 501 de 2 de janeiro de 2019. Acesse o link e confira as edições do boletim eletrônico da CONTRASP. Bom Dia CONTRASP
27 agosto 2019

Ação Coletiva: Mais um acordo é firmado pelo SEEVISSP

Informamos que os vigilantes que laboraram na IF3 Soluções em Segurança LTDA, em que foram constadas irregularidades, terão direito a receber uma indenização, proveniente de uma Ação Coletiva de Trabalho promovida pelo SEEVISSP em favor dos trabalhadores, pelo fato da empresa descumprir cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), ao não fornecimento de assistência médica […]
29 julho 2019

13º de aposentados do INSS deve sair no mês que vem

O decreto que antecipa para agosto o pagamento da primeira parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS já está pronto para ser assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), que aguarda conclusão de estudo sobre a disponibilidade orçamentária para autorizar os créditos. A segunda parcela do bônus está programada para ser paga em […]
27 junho 2019

Dieese analisa relatório sobre PEC 06 e publica Nota Técnica

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos faz análise detalhada do relatório apresentado pelo deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) sobre a PEC 06/2019, editada por Jair Bolsonaro. Para Clemente Ganz Lucio, diretor-técnico do Dieese, houve avanços, mas é preciso estar atento. “Governo e ministro Guedes já sinalizaram que não vão aceitar as mudanças. E podem […]
+ Notícias

Jornal SEEVISSP

INFORMATIVO DA SEGURANÇA PRIVADA – OUTUBRO/2019

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083