Sindicalize-se agora!
27 de fevereiro de 2020
MENU 11 3363.3310

4 de maio de 2012

Imprimir

Sem segurança, Paulista pode perder parque

Após perder patrocínio de banco, área verde com 7,5 mil metros quadrados corre o risco de ser fechada

Do Metro

Inaugurado em 2010, o parque Mario Covas, na avenida Paulista, pode ser fechado temporariamente. A medida é avaliada pelo conselho gestor da área verde, que alega falta de segurança e de equipes de manutenção.

Segundo o órgão, a contratação dos serviços é de responsabilidade da Prefeitura de São Paulo, que terá de contratar empresas nas próximas semanas para evitar o fim das atividades.

A crise no parque Mario Covas começou no dia 20 de abril, quando o banco Itaú deixou de patrocinar o espaço. Como consequência, o local passou a fechar cinco horas mais cedo –- agora funciona das 7h às 18h. A segurança passou a ser feita provisoriamente por agentes da GCM, segundo o jornal “O Estado de S.Paulo”.

De acordo com membros do conselho gestor, os recursos do banco permitiam a manutenção de uma equipe com dois zeladores e dois vigias noturnos, além de um serviço de segurança 24h. Hoje, um único zelador é responsável pelos 7,5 mil m2 do parque. Os agentes da GCM só ficam no local durante o dia.

A Secretaria do Verde confirma que o parque funciona com funcionários remanejados e diz que uma licitação será aberta para normalizar a situação.

Fonte: Portal BAND

Jornal SEEVISSP

INFORMATIVO DA SEGURANÇA PRIVADA – JANEIRO/2020

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083