Sindicalize-se agora!
19 de julho de 2019
MENU 11 3363.3310

21 de setembro de 2011

Imprimir

Seguro-desemprego só para quem estiver procurando recolocação profissional.

Essa é a meta do Ministério do Trabalho ao lançar o Programa Mais Emprego, que entra em funcionamento no Estado de São Paulo no próximo dia 12. O objetivo é combater fraudes e tornar mais ágil a volta ao mercado de trabalho.

O programa é capaz de cruzar dados e auxiliar o trabalhador a encontrar uma vaga disponível na cidade do desempregado. Segundo o diretor do Departamento de Emprego e Salário do ministério, Rodolfo Torelly, o Mais Emprego permite pagar o benefício apenas para quem deseja se recolocar profissionalmente.

“No mundo todo é assim. Em países como a França, a pessoa só recebe o benefício se estiver procurando vaga no mercado. A lei que regulamente o seguro-desemprego já prevê que o governo federeal pague o beneficio, mas faça a recolocação do trabalhador no mercado e promova a qualificação profissional”, explica.

A lei citada determina a suspensão do pagamento do benefício caso o trabalhador obtenha uma vaga. A legislação também estabelece o cancelamento do pagamento caso o trabalhador recuse o emprego condizente com o seu perfil profissional ou em caso de fraude.

Busca On-line

O sistema, no momento do requerimento do seguro-desemprego, vai pesquisar vagas com o mesmo salário ou maior do que ele tinha, além de incluir na busca oportunidades de emprego perto da casa dele.

Para cada oferta recusada o desempregado será obrigado a assinar uma carta afirmando que abriu mão  e explicando o motivo. O sistema reconhecerá, automaticamente, que recusou vagas por três vezes seguidas. O documento, então, será utilizado como prova para o cancelamento do benefício. A negativa só será aceita em caso de curso s ou doença.

Seguro é pago em até cinco parcelas

O seguro-desemprego é pago em até cinco parcelas, de acordo com o tempo de registro em carteira a quem foi dispensado sem justa causa ou sofreu dispensa indireta, que ocorre quando o empregado solicita judicialmente a saída do trabalho alegando que o empregador não está cumprindo o contrato. O valor das parcelas varia de um salário mínimo (R$ 545) a R$ 1.019,70.

Portal na web permite acompanhar vagas

Pelo Portal Mais Emprego, o trabalhador poderá fazer consultas, obter informações sobre seu benefício, elaborar e imprimir o currículo, obter informações sobre abono salarial e acompanhar o seu processo de recolocação profissional.
 

Fonte: Força Sindical

 

Mais notícias

18 julho 2019

Bom dia CONTRASP

Edição 501 de 2 de janeiro de 2019. Acesse o link e confira as edições do boletim eletrônico da CONTRASP. Bom Dia CONTRASP
27 junho 2019

Dieese analisa relatório sobre PEC 06 e publica Nota Técnica

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos faz análise detalhada do relatório apresentado pelo deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) sobre a PEC 06/2019, editada por Jair Bolsonaro. Para Clemente Ganz Lucio, diretor-técnico do Dieese, houve avanços, mas é preciso estar atento. “Governo e ministro Guedes já sinalizaram que não vão aceitar as mudanças. E podem […]
18 junho 2019

Nota das Centrais Sindicais sobre a greve nacional de 14 de junho de 2019

As Centrais Sindicais, reunidas nesta segunda-feira, 17/06, avaliaram como muito positiva a greve nacional realizada em 14 de junho, que promoveu paralisações em centenas de cidades e em milhares de locais de trabalho, além de atos e passeatas contra o fim da aposentadoria, os cortes na educação e por mais empregos. O sucesso da mobilização […]
12 junho 2019

Metrô, ônibus e trens prometem parar no dia 14

Trabalhadores da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), das linhas 1, 2 e 3 do metrô, 15 (monotrilho) e dos ônibus municipais de São Paulo decidiram aderir à greve geral contra a reforma da Previdência, marcada para dia 14 de junho. Crédito: Divulgação A informação foi confirmada pelos sindicatos que representam as categorias e pela […]
+ Notícias

Jornal SEEVISSP

Informativo da Segurança Privada – Janeiro/2019

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083