Sindicalize-se agora!
22 de janeiro de 2018
MENU 11 3363.3310

12 de dezembro de 2016

Imprimir

Quadrilha faz 11 vigias reféns e assalta banco na Unesp em Jaboticabal, SP

Suspeitos usaram cabo de aço preso a picape para arrastar cofre da agência. Em agosto, funcionários e clientes foram rendidos em roubo no mesmo local

Quatro homens armados fizeram 11 seguranças reféns durante assalto a uma agência bancária dentro do campus da Unesp em Jaboticabal (SP) na noite deste sábado (10). Segundo a Polícia Civil, o grupo fugiu em dois veículos levando o cofre do banco.

Em nota, o Banco Santander confirmou o roubo e informou apenas que está colaborando com as investigações policiais.
Também em nota, a Unesp informou que possui um programa de segurança geral que envolve a aquisição e manutenção de equipamentos de monitoramento, com câmeras e acompanhamento das mesmas.

Esse é o segundo assalto à mesma agência em quatro meses. Em 5 de agosto, três homens armados fugiram com dinheiro em um carro roubado depois de renderem funcionários e clientes. Nenhum suspeito foi preso e o dinheiro não foi recuperado.

Na ação deste final de semana, os assaltantes renderam os vigilantes durante a troca de turno, por volta de 23h, segundo informou a Polícia Civil. Dois vigias foram rendidos na central de monitoramento do campus e os demais próximos à agência.

Ainda de acordo com a polícia, os suspeitos estavam armados com revólveres, amarraram os seguranças e os colocaram deitados no chão, um ao lado do outro. Em seguida, a quadrilha quebrou o vidro e as grades do prédio.

O grupo prendeu um cabo de aço ao cofre e o arrastou para fora da agência com ajuda de uma picape de um dos seguranças. Em seguida, os suspeitos fugiram nesse veículo e em outro, modelo SUV, que pertence a outro vigilante.
Segundo a polícia, três vigias foram levados pelo grupo e abandonados minutos depois próximo ao campus. Nenhum deles ficou ferido na ação. A quadrilha fugiu levando o cofre, além de celulares, documentos e dinheiro das vítimas.

O veículo modelo SUV foi localizado durante a madrugada de domingo (11) em Sertãozinho (SP), mas a polícia ainda não tem pista dos suspeitos. As imagens das câmeras de segurança do banco serão usadas na investigação, para tentar identificar o grupo.

Segurança interna
Em nota, a assessoria da Unesp informou que possui 34 unidades em 24 cidades paulistas e, em cada uma delas, são desenvolvidas ações específicas de segurança de patrimônio, estudantes, servidores docentes e técnicos-administrativos.

“Existe um programa de segurança geral que envolve a aquisição e manutenção de equipamentos de monitoramento, como câmeras de filmagem e acompanhamento das mesmas”, diz o comunicado.
Ainda segundo a Universidade, a Polícia Militar tem total acesso ao campus, a partir do princípio de que a corporação leva segurança para a comunidade acadêmica.

“O modelo está sob constante avaliação e, quando há ocorrências que perturbam a normalidade, a orientação geral é que seja lavrado boletim de ocorrência junto à polícia, sendo, quando considerado necessário pela direção de cada Unidade Administrativa, instaurada uma Comissão Preliminar de Averiguação de fatos e de possíveis envolvidos, ou uma Sindicância, que pode acarretar, após o exercício do contraditório, em sanções que vão desde advertência ao desligamento daqueles considerados culpados de alguma ação.”

Fonte: matéria publicada no site G1 - 12-12-2016 - http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2016/12/quadrilha-faz-11-vigias-refens-e-assalta-banco-na-unesp-em-jaboticabal-sp.html

Mais notícias

19 janeiro 2018

Governo reajusta salário mínimo abaixo da inflação e prejudica 22 milhões de aposentados

Ao reajustar o salário mínimo com índices abaixo da inflação pelo segundo ano consecutivo, o governo conseguiu piorar o que já era ruim. Conforme o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), o acumulado nos últimos 12 meses foi de 2,07%, enquanto o governo repassou apenas 1,81%. Com essa medida absurda e insensata, sob o […]
18 janeiro 2018

SEEVISSP manifesta repúdio às notícias de ameaças, violência e armas que têm sido compartilhadas de forma irresponsável

Diante de diversos áudios e imagens que têm sido compartilhadas em grupos do aplicativo WhatsApp, nos quais pessoas mal-intencionadas se preparam para uma suposta manifestação nos próximos dias 22 e 23 de janeiro, em frente à sede do sindicato,  o SEEVISSP manifesta seu total repúdio a esse tipo de movimento organizado por criminosos que incitam […]
18 janeiro 2018

TERROR: Vigilantes têm supostas bombas presas no corpo em ataque a carro-forte em Porto Alegre (RS)

Logo no dia seguinte, em Pernambuco, dois vigilantes foram baleados em serviço A guerra na segurança privada tomou proporções perturbadoras e os vigilantes seguem encarando a morte diariamente. Nesta quinta-feira (11/01), quatro vigilantes passaram por momentos aterrorizantes num ataque cruel na zona norte de Porto Alegre. Foram cerca de cinco criminosos que atacaram o carro-forte, […]
10 janeiro 2018

Banco é condenado a indenizar funcionário que realizava transporte de valores irregular na Bahia

Mais um caso que visa apenas o lucro a qualquer custo, colocando a vida dos trabalhadores e da comunidade em risco. Desta vez, ocorreu em uma agência do Bradesco em Amargosa, na Bahia, que imputava a um supervisor administrativo do banco a realizar o transporte de valores irregular. A 1ª Turma do Tribunal Regional do […]
+ Notícias

Jornal SEEVISSP

Informativo Segurança Privada – Outubro 2017

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083