Sindicalize-se agora!
21 de outubro de 2019
MENU 11 3363.3310

7 de agosto de 2015

Imprimir

Dupla é indiciada por matar vigilante para roubar arma e alega que segurança reagiu

Os criminosos, Jonas Borges Farias, 24, conhecido como “Macaco”, e Bruno Mahmoud da Silva, 26, tiveram mandados de prisão representados pela Polícia Civil e decretados pela Justiça pela morte do vigilante Juscelino Brito, de 39 anos. Ele foi morto na quarta-feira,5, em frente a Macro Distribuidora para que a arma que ele carregava fosse roubada. Juscelino morreu com dois tiros na cabeça.

Imediatamente a equipe da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf)  compareceu no local do crime e deu início as investigações. “As imagens do circuito interno registraram o momento em que o vigilante caiu ao solo ferido e o suspeito subtrai sua arma de fogo”, disse o delegado que coordenou as investigações Ferdinando Frederico Murta.

Já na madrugada de quinta-feira (6), uma equipe da Polícia Militar apresentou na Derf três pessoas presas  por roubo em uma residência no bairro Pascoal Ramos. Com os conduzidos, Jonas, Bruno e um adolescente, os policiais militares apreendam uma arma de fogo com suspeitas de ser do vigilante morto no latrocínio. Os três foram autuados pelo roubo cometido.

Diante dos fatos e da apreensão da arma de fogo, os investigadores da Derf checaram o revólver calibre 38 e constataram tratar da arma levada do vigilante no dia anterior.

Segundo a assessoria, uma das testemunhas do latrocínio compareceu à Derf e reconheceu Jonas, afirmando ser um ex-funcionário da empresa Macro, e que havia prestado serviço de pintura no estabelecimento. Diante das informações, os três detidos pela Polícia Militar foram interrogados. Em depoimento, Jonas e Bruno acabaram confessaram a autoria do latrocínio.

Conforme interrogatório, Bruno levou Jonas em sua motocicleta até uma rua lateral, a poucos metros da distribuidora Macro. Em seguida, Jonas desceu da moto e foi andando em direção à loja, enquanto Bruno o aguardava para a fuga. Chegando na porta Jonas sacou um revólver e rendeu o vigilante anunciando o roubo.

Segundo o acusado, Jucelino reagiu e tentou segurar sua arma, quando Jonas efetuou o disparo fatal que atingiu o rosto da vítima.  Com o vigilante já caído, Jonas ainda retirou o revólver da cintura de Jucelino e fugiu com apoio de Bruno levando as duas armas de fogo.

Após os depoimentos, o delegado Frederico Murta representou pela prisão preventiva de Jonas e Bruno, concedida pela Juíza da 6ª Vara Criminal da Capital.

Os mandados de prisão foram cumpridos e os dois presos responderão pelo crime de latrocínio consumado e associação criminosa, além do flagrante do crime de roubo. Eles foram apresentados para audiência de custódio e posteriormente, serão recolhidos na Penitenciária Central do Estado (PCE).

Fonte: Olhar Direito – 07-08-2015
http://www.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?noticia=Dupla_e_indiciada_por_matar_vigilante_para_roubar_arma_e_alega_que_seguranca_reagiu&edt=25&id=403590

Mais notícias

21 outubro 2019

Bom dia CONTRASP

Edição 501 de 2 de janeiro de 2019. Acesse o link e confira as edições do boletim eletrônico da CONTRASP. Bom Dia CONTRASP
27 agosto 2019

Ação Coletiva: Mais um acordo é firmado pelo SEEVISSP

Informamos que os vigilantes que laboraram na IF3 Soluções em Segurança LTDA, em que foram constadas irregularidades, terão direito a receber uma indenização, proveniente de uma Ação Coletiva de Trabalho promovida pelo SEEVISSP em favor dos trabalhadores, pelo fato da empresa descumprir cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), ao não fornecimento de assistência médica […]
29 julho 2019

13º de aposentados do INSS deve sair no mês que vem

O decreto que antecipa para agosto o pagamento da primeira parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS já está pronto para ser assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), que aguarda conclusão de estudo sobre a disponibilidade orçamentária para autorizar os créditos. A segunda parcela do bônus está programada para ser paga em […]
27 junho 2019

Dieese analisa relatório sobre PEC 06 e publica Nota Técnica

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos faz análise detalhada do relatório apresentado pelo deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) sobre a PEC 06/2019, editada por Jair Bolsonaro. Para Clemente Ganz Lucio, diretor-técnico do Dieese, houve avanços, mas é preciso estar atento. “Governo e ministro Guedes já sinalizaram que não vão aceitar as mudanças. E podem […]
+ Notícias

Jornal SEEVISSP

INFORMATIVO DA SEGURANÇA PRIVADA – OUTUBRO/2019

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083