Sindicalize-se agora!
22 de janeiro de 2018
MENU 11 3363.3310

21 de julho de 2017

Imprimir

Criminosos tentam puxar cofre de banco com cabo de aço e carro em Barra Velha

Cabo rompeu e eles fugiram sem levar nada. Uma pessoa foi feita refém enquanto esperava por carona.
riminosos tentaram levar o cofre inteiro de um banco durante uma tentativa de assalto em Barra Velha, no Litoral Norte catarinense, na madrugada desta quinta-feira (20). Durante a ação, eles fizeram um homem refém. Ninguém foi preso.
A ação ocorreu em uma agência da Caixa Econômica Federal por volta das 4h30 no Centro da cidade. O grupo de cerca de 10 homens encapuzados tentou levar o cofre amrrando-o com um cabo de aço a um carro clonado. O cabo arrebentou e eles acabaram fugindo sem levar nada. O cofre ficou na rua.
Um homem que aguardava uma carona próximo à agência foi surpreendido e feito refém. Ele ficou o tempo todo sob ameaça dos criminosos e só foi liberado na fuga deles.
“Eu só vi na hora quando eu esperava minha carona. Quando olhei para o lado, eu vi o cara que disse abaixa, cara, abaixa. Aí botei a mão na cabeça e fiquei assim. Fiquei num canto ali. E eles saíram na algazarra e bagunça, eles estavam muito nervosos”, disse a vítima.
Marretadas na parede da agência
Um homem que preferiu não ser identificado ouviu a ação. “Muito falatório, briga, xingamento. Briga de marido e mulher, eu achei que era. Aí escutei barulho de marreta, marreta batendo na parede”.
Os criminosos quebraram a parede lateral da agência e tentaram levar o cofre duas vezes. Na primeira, usaram um carrinho para carregar o cofre até um dos carros. Para levantar o cofre e colocá-lo na caçamba, tentaram usar um pedaço de madeira que acabou quebrando.
Na segunda tentativa, eles amarraram o cofre com um cabo de aço e tentaram puxar com outro carro. Mas o cabo de aço arrebentou.
Os moradores chamaram a polícia. Quando a guarnição chegou, os ladrões abandonaram os carros e fugiram correndo.
Rua precisou ser interditada
A rua onde fica a agência foi interditada. Peritos estiveram na agência pela manhã. No local foram encontrados grampos de aço que deveriam ser usados para furar pneus das viaturas policiais, em caso de perseguição.
Segundo a Polícia Militar, os dois carros usados no crime, um com placas de Curitiba (PR) e outro de Capivari de Baixo, são clonados.
A agência bancária deve ficar fechada durante toda quinta, pois a ação danificou a estrutura e o sistema operacional do banco.

Fonte: Portal G1 - http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/criminosos-tentam-puxar-cofre-de-banco-com-cabo-de-aco-e-carro-em-barra-velha.ghtml

Mais notícias

19 janeiro 2018

Governo reajusta salário mínimo abaixo da inflação e prejudica 22 milhões de aposentados

Ao reajustar o salário mínimo com índices abaixo da inflação pelo segundo ano consecutivo, o governo conseguiu piorar o que já era ruim. Conforme o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), o acumulado nos últimos 12 meses foi de 2,07%, enquanto o governo repassou apenas 1,81%. Com essa medida absurda e insensata, sob o […]
18 janeiro 2018

SEEVISSP manifesta repúdio às notícias de ameaças, violência e armas que têm sido compartilhadas de forma irresponsável

Diante de diversos áudios e imagens que têm sido compartilhadas em grupos do aplicativo WhatsApp, nos quais pessoas mal-intencionadas se preparam para uma suposta manifestação nos próximos dias 22 e 23 de janeiro, em frente à sede do sindicato,  o SEEVISSP manifesta seu total repúdio a esse tipo de movimento organizado por criminosos que incitam […]
18 janeiro 2018

TERROR: Vigilantes têm supostas bombas presas no corpo em ataque a carro-forte em Porto Alegre (RS)

Logo no dia seguinte, em Pernambuco, dois vigilantes foram baleados em serviço A guerra na segurança privada tomou proporções perturbadoras e os vigilantes seguem encarando a morte diariamente. Nesta quinta-feira (11/01), quatro vigilantes passaram por momentos aterrorizantes num ataque cruel na zona norte de Porto Alegre. Foram cerca de cinco criminosos que atacaram o carro-forte, […]
10 janeiro 2018

Banco é condenado a indenizar funcionário que realizava transporte de valores irregular na Bahia

Mais um caso que visa apenas o lucro a qualquer custo, colocando a vida dos trabalhadores e da comunidade em risco. Desta vez, ocorreu em uma agência do Bradesco em Amargosa, na Bahia, que imputava a um supervisor administrativo do banco a realizar o transporte de valores irregular. A 1ª Turma do Tribunal Regional do […]
+ Notícias

Jornal SEEVISSP

Informativo Segurança Privada – Outubro 2017

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083