Sindicalize-se agora!
18 de dezembro de 2018
MENU 11 3363.3310

18 de setembro de 2018

Imprimir

Criminoso que sequestrou parentes de vigilantes de carros-fortes é preso em São Paulo

Bandidos investigam a vida particular do vigilante.  Precisamos da extensão do porte de arma pelo direito de se defender após o expediente

Ações violentas contra os vigilantes após o expediente, familiares e amigos deixam rastros de sangue, mortes e feridos no Brasil. Em São Paulo, a polícia prendeu um homem de uma quadrilha que sequestrava parentes de vigilantes na última quarta-feira (12/09). A quadrilha exigia os malotes em troca de não matar os familiares.

“Logo pela manhã eles iam na casa de funcionário de empresas de transporte de valores. Eram bastante agressivos, principalmente na abordagem e ameaçavam os familiares enquanto esse resgate não fosse pago”, contou o delegado da  DEIC  – Departamento Estadual De Investigações Criminais em entrevista, relatando também que já entravam na casa armados, amarravam a família e só com o pagamento que eram  libertados.

Para acabar com estes massacres, a CONTRASP luta pela extensão do porte de arma aos vigilantes, habilitados e capacitados, em defesa da vida do trabalhador e de seus familiares. Pelo “Dever de proteger. Direito de se proteger”, reacendemos a nossa Campanha Nacional pelo porte de arma após o expediente e contamos com o apoio, união e divulgação de todos. Essa luta é nossa!

 

*Com informações do SBT

Fonte: CONTRASP - http://contrasp.org.br/noticia/criminoso-que-sequestrou-parentes-de-vigilantes-de-carros-fortes-e-preso-em-sao-paulo

Jornal SEEVISSP

Informativo da Segurança Privada – Outubro/2018

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083