Sindicalize-se agora!
23 de novembro de 2017
MENU 11 3363.3310

30 de novembro de 2016

Imprimir

Comissão especial aprova Estatuto da Segurança Privada

Texto aprovado cria conselho para auxiliar Ministério da Justiça na elaboração de políticas públicas para o setor, mas não fixa piso salarial para vigilantes. Valor deverá ser decidido por negociação coletiva

Comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (16), proposta que cria o Estatuto da Segurança Privada e regulamenta os serviços do setor. O texto aprovado foi o substitutivo do relator, deputado Wellington Roberto (PR-PB), a uma série de propostas (PL 4238/12 e outros) sobre o tema.

Wellington Roberto promoveu mudanças pontuais no parecer para atender a acordo entre as lideranças e o governo e aprovar o texto. “Foi um relatório feito a muitas mãos, o mais democrático possível”, disse.

Ele retirou, por exemplo, o piso salarial para vigilantes do parecer e propôs que o valor seja fixado por negociação coletiva. Segundo o relator, as disparidades regionais do País impedem que seja estabelecido um salário nacional em lei. A deputada Erica Kokay (PT-DF), por sua vez, afirmou que apresentará novo projeto para contemplar o piso da categoria.

Estatuto
O texto aprovado hoje é uma alternativa a 122 propostas que tramitam na Câmara e institui o “Estatuto da Segurança Privada e da Segurança das Instituições Financeiras”, dividido em 11 capítulos que tratam da segurança privada; dos prestadores de serviço; dos profissionais e sua formação; da segurança privada em instituições financeiras; das penalidades administrativas; dos crimes e das taxas do setor.

A proposta cria ainda o Conselho Nacional de Segurança Privada, vinculado ao Ministério da Justiça, composto por membros do governo, da classe empresarial, dos trabalhadores e da sociedade civil, para assessorar o ministro da Justiça em assuntos de segurança privada e a elaborar políticas para o setor. A Polícia Federal será responsável por aplicar penalidades administrativas por infrações à futura lei.

Tramitação
A matéria, que tramita em regime de prioridade, segue agora para análise do Plenário da Câmara.

Fonte: matéria publicada no site Camara Leg. - 30-11-2016 - http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/SEGURANCA/496229-COMISSAO-ESPECIAL-APROVA-ESTATUTO-DA-SEGURANCA-PRIVADA.html

Mais notícias

23 novembro 2017

SP: Tentativa de assalto a carro-forte termina com caminhoneiro morto na Tamoios

Criminosos tentaram roubar um carro-forte no km 9 da rodovia em São José. Houve troca de tiros entre suspeitos e os seguranças do veículo. Caminhoneiro passava pelo local e foi atingido. Um caminhoneiro foi morto durante uma troca de tiros entre criminosos e seguranças de um carro- forte em uma tentativa de assalto na noite […]
23 novembro 2017

SP: Criminosos armados com fuzis roubam banco em Piracaia e são presos

Seis homens invadiram a agência e estouraram caixas eletrônicos. Na fuga houve troca de tiros com a polícia. Uma quadrilha foi presa nesta quarta-feira (22) depois de assaltar um banco em Piracaia (SP). Eles estavam armados com fuzis. Ninguém ficou ferido na ação. De acordo com a polícia, a ação foi à tarde, quando seis […]
22 novembro 2017

Nota de Esclarecimento à sociedade e à Imprensa

São Paulo, 22 de Novembro de 2017   Nota de Esclarecimento à Sociedade O SEEVISSP (Sindicato dos Seguranças e Vigilantes de São Paulo), vem por meio desta nota esclarecer que diferentemente do que está sendo divulgado por órgãos de imprensa acerca do  espancamento sofrido pelo ator negro, após supostamente “seguranças da SP TRANS de terminal […]
22 novembro 2017

Trio rouba quase R$ 100 mil de casa lotérica no Norte do Piauí

Assaltantes abandonaram motos em estrada rural durante a fuga após o roubo. A casa lotérica da cidade de Cocal, Norte do Piauí, foi assaltada nesta terça-feira (21), por três homens. A Polícia Militar foi acionada, mas os homens conseguiram fugir por estradas rurais da cidade abandonando duas motos utilizadas no roubo. De acordo com a […]
+ Notícias

Jornal SEEVISSP

Informativo Segurança Privada – Outubro 2017

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083