Sindicalize-se agora!
17 de janeiro de 2019
MENU 11 3363.3310

17 de julho de 2017

Imprimir

Centrais Sindicais repudiam aprovação do PLC 38, que valida agressão a direitos

O sindicalismo reagiu com vigor à aprovação da reforma trabalhista, por 50 votos a 26 na noite de terça (11), após sessão tumultuada no plenário do Senado. Centrais Sindicais manifestaram repúdio, em notas divulgadas logo após o encerramento da votação.

Para a União Geral dos Trabalhadores (UGT), a reforma “é injusta e cruel” e foi feita sem a devida discussão com a sociedade. “Essa reforma trabalhista cumpre um desserviço à sociedade, pois retira as garantias asseguradas na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), promove a precarização das relações de trabalho e um enorme retrocesso social”, diz nota assinada pelo presidente Ricardo Patah.

O presidente da CTB, Adilson Araújo, também repudiou a aprovação do projeto, dizendo que Senado impôs retrocesso histórico aos direitos da classe trabalhadora. Segundo o texto, a reforma aprovada “ataca frontalmente nosso povo e mina qualquer projeto de retomada do crescimento que tenha por centro a geração de emprego, o respeito à saúde da classe trabalhadora, a distribuição de renda e o combate à pobreza”.

Segundo o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade, Moacyr Roberto Tesch, o PLC 38 é um projeto de lei irresponsável, que acaba com os direitos conquistados após anos de lutas do movimento sindical. “É inaceitável que se tome medidas contra a população de forma intransigente e sem nenhum diálogo”, diz.

 

Nesta quinta (13), as Centrais devem se reunir para discutir como será a atuação daqui para frente. De acordo com o secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves (Juruna), nas discussões sobre o projeto o governo prometeu alterações no texto. “Agora, vamos continuar conversando com eles. O governo fez mais que promessas, há documentos”, afirma.

 

 

Fonte: Agência Sindical - http://www.agenciasindical.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=7078&friurl=_-Centrais-Sindicais-repudiam-aprovacao-do-PLC-38-que-valida-agressao-a-direitos-_

Mais notícias

16 janeiro 2019

Bom dia CONTRASP

Edição 501 de 2 de janeiro de 2019. Acesse o link e confira as edições do boletim eletrônico da CONTRASP. Bom Dia CONTRASP
14 janeiro 2019

Governo estuda desoneração ‘universal’ da folha de pagamento

“A desoneração da folha de salários aconteceu muito em cima de demandas específicas, pontuais, de negociações muito setoriais. O que estamos trabalhando é na desoneração da folha de maneira universal, ampla, geral e sistêmica. O impacto que terá na economia certamente será muito maior e positivo”, disse Cintra ao chegar ao Tribunal de Contas da […]
11 janeiro 2019

Sem Justiça do Trabalho haveria caos administrativo e jurisprudencial

Sem detalhar a proposta, o presidente e parte de seus apoiadores apresentam uma série de argumentos a favor da medida: o ramo trabalhista do Poder Judiciário seria lento e causaria insegurança jurídica por conta das diversas posições que há em seu interior. Ainda segundo Bolsonaro, a Justiça do Trabalho seria uma exclusividade do Brasil. Além […]
9 janeiro 2019

Visitantes do Cristo Redentor são alertados por vigilantes sobre perigo de assaltos em trilha

Sete turistas argentinas chegaram animadas ao Parque Lage. Com mochilas, tênis adequados e garrafas d’água, elas haviam se preparado para fazer uma trilha até o Cristo Redentor, seguindo uma dica de amigos portenhos que vieram ao Rio no ano passado. Mas, no local, foram aconselhadas a desistir do programa. Um vigilante patrimonial do Parque Nacional […]
+ Notícias

Jornal SEEVISSP

Informativo da Segurança Privada – Janeiro/2019

Edição
Download Todas edições
Sede
LARGO DO AROUCHE, 307
SÃO PAULO/SP CEP 01219-011
11 3363.3310
Subsede
RUA ANDRÉ LEÃO, 64 - BAIRRO SOCORRO
SÃO PAULO/SP - CEP 04762-030
11 5696.6083